Google Tag Assistant

O tagueamento correto de um site é algo fundamental para a análise e cumprimento dos objetivos de uma marca, podemos considerá-lo o alicerce no qual toda a mensuração é construída e é exatamente neste ponto que o Google Tag Assistant pode ajudar.

Mas, como podemos saber se as tags inseridas estão corretas sem recorrermos ao entendimento de códigos ou ferramentas de checking mais elaboradas?

Recorrendo ao Google Tag Assistant.

O Google Tag Assistant

Google Tag Assistant

O Google desenvolveu uma extensão para seu navegador (Chrome) que pode nos auxiliar nessa tarefa. O Google Tag Assistant só valida a implementação dos produtos do próprio Google, mas já é um grande passo na validação desse alicerce de mensuração e atingimento de objetivos.

A extensão funciona automaticamente depois de instalada e em qualquer página que o usuário navegar. Ela valida as implementações procurando os scripts do Google. Os produtos que hoje podem ser validados com ela são os scripts de:

  • Google Analytics;
  • Tag de conversão e remarketing do AdWords;
  • Floodlight do Doubleclick;
  • Google Tag Manager (GTM).

O resultado da análise feita pelo Tag Assistant é dado para o usuário rapidamente por um código de cores no ícone.

1) Ele pode estar cinza, o que significa que as tags que ele consegue avaliar não foram encontradas;

2) Verde, indicando que as tags presentes estão bem implementadas;

3) Azul, sugerindo que podem ser feitas melhorias na implementação mas que os dados estão sendo coletados;

4) Amarelo, advertindo sobre pequenos erros de implementação que provavelmente não causarão a pausa na entrada de dados mas podem dar um viés a eles;

5) Vermelho, que indica erros críticos de implementação.

Além disso, se aplicarmos a implementação correta, em vista de alcance de resultados, é possível se aprofundar e olhar um pouco mais de detalhes sobre as tags quando clicamos no botão do Tag Assistant.

Na janela que se abrirá, é possível encontrar o número de tags e erros encontrados, uma lista delas com alguns detalhes (como UA e página que está ‘trackeando’), e um link de mais informações para cada uma que não está funcionando perfeitamente.

Assim, para você que quer começar a olhar para os alicerces da mensuração e se certificar que a construção está sendo feita em um ambiente sólido, o Tag Assistant é uma boa ferramenta.

Veja abaixo, o vídeo do próprio Google explicando sua Tag Assistant.

GTM e Google Analytics

O Google Analytics (GA), que pode ser inspecionado pelo Tag Assistant, é uma das mais utilizadas ferramentas de monitoramento para sites.

Google Analytics e Google Assistant

São dados importantes para tomadas de decisão em campanhas de links patrocinados, SEO, e-mail marketing e até mesmo UX. Sendo assim, é função do GA auxiliar na melhoria geral do site analisado, transformando dados em decisões qualificadas.

É possível, por exemplo, entender qual página de seu site tem maior entrada de usuários e qual tem maior saída, para encontrar estratégias de melhoria para evitar a saída dos usuários. Você também poderá ver uma média de tempo de navegação página a página e, com resultados detalhados, ver qual dia seu tráfego para uma página específica aumenta ou diminui. Para saber mais sobre o Google Analytics, clique aqui.

Por sua vez, a GTM é a ferramenta de integração e gestão de diferentes tags que seu site utilizará. É com a Google Tag Manager que você gerenciará as tags de remarketing do Facebook, Twitter, as tags de acompanhamento do Adwords, Google Analytics, entre tantas outras.

Ao implementar corretamente a GTM, você poderá fazer a maioria das modificações necessárias em seu site sem entrar no código-fonte, pelo próprio painel da ferramenta. Para saber mais sobre a Google Tag Manager, clique aqui.