O que é Big Data?

Muito tem se falado sobre Big Data nos últimos anos, mas realmente o que é Big Data e como podemos utilizar esta realidade para otimizar o negócio e aumentar os ganhos?

O termo big data é muito utilizado em palestras de maneiras diferentes, deixando o conceito um pouco nebuloso para as pessoas. Mesmo para aqueles que entendem o que é big data existe a dificuldade de transformar o conceito em ação e esta ação em melhorias para o negócio.

Vamos começar esse post tentando eliminar as dúvidas sobre o que é Big Data. Este termo vem sendo utilizado nos últimos tempos com maior frequência, pois está diretamente relacionado com o crescimento da quantidade de dados que são coletados. Para se ter uma ideia de volume, atualmente falamos em uma escala de zettabytes[1] (ZiB) de dados armazenados e esse número pode aumentar até 10 vezes em 5 anos.

Assim esclarecemos que Big Data está relacionado a esse grande número de dados, mas provavelmente você já sabia disso. Para nós, a melhor definição de Big Data foi a apontada pela IBM. Eles conceituam Big Data com uma simples fórmula, Big Data = Volume + Variedade + Velocidade.

A questão do Volume nós definimos no parágrafo acima, pois com a existência de zettabytes de dados essa variável fica bem explícita. A Variedade pode ser ilustrada facilmente se pensarmos nos sistemas que nos rodeiam, ela é caracterizada pela existência de dados estruturados e não estruturados.

Dados Estruturados

É importante saber que dados estruturados são aqueles que possibilitam ser organizados em linhas e colunas, como um banco de dados relacional, este tipo de dado é mais facilmente recuperado e processado. Já os dados não estruturados são aqueles que não podem ser organizados em linhas e colunas, como posts em redes sociais, vídeos e imagens.

A última variável da nossa fórmula é a Velocidade, este também não é difícil de imaginar se pensarmos que em 1 minuto são enviados mais de 150 milhões de e-mails e 20,8 milhões de mensagens no whatsapp.

o-que-e-big-data

Com essa fórmula e a definição de suas variáveis fica mais claro o que é o termo Big Data e porque ele vem sendo tão utilizado em eventos e palestras. Mas o segredo é como utilizar esse conceito no dia-a-dia de uma empresa.

Existem hoje vários caminhos para se trabalhar com Big Data, como os bancos de dados NoSQL que tratam dados estruturados e não estruturados e o modelo baseado em graphs como o Neo4j. Desse modo, é importante planejar o que se quer obter com essa estruturação e escolher a forma ou formas mais adequadas de se trabalhar com esse dado, indo além de seu armazenamento e estruturação mas inserindo uma camada de análise que irá tirar os insumos e insights que auxiliarão no posicionamento estratégico da empresa frente ao objeto de estudo escolhido.

Fonte: http://www.forbes.com.br/fotos/2015/10/20-fatos-sobre-a-internet-que-voce-provavelmente-nao-sabe/#foto3

 

Postado em Digital Analytics