O que é o WordPress?

qua 05 de fev de 2020

WordPress é um sistema de de gestão de conteúdos, tais sistemas usam a sigla CMS (Content Management System) e são usados prioritariamente para construções de sites e blogs. Um dos grandes diferenciais do WordPress é ser um software open source, ou seja, um sistema aberto para que desenvolvedores possam trabalhar em cima de seu código. 

Como funciona o WordPress?

O software é desenvolvido, majoritariamente, em linguagem de programação PHP, contando com HTML e CSS para o desenvolvimento da interface com o usuário e com banco de dados em MySQL (sistema de armazenamento de dados). Devido a sua flexibilidade de personalização e por ser, basicamente, gratuito é amplamente usado por desenvolvedores para a produção de sites, mas há quem desenvolva e-commerces, gerenciadores de eventos e outras presenças digitais com ele, devido a sua ampla gama de plugins e temas. 

Quais são os recursos do WordPress?

No WordPress é possível personalizar o PHP e o HTML, adicionando funcionalidades no desenvolvimento. Entre os recursos que dispõe, se destacam:

  • Gerar, XHTML, XML e CSS seguindo melhores práticas de W3C;
  • Estruturação de permalink amigável para buscadores;
  • Ampla gama de plugins, que complementam funcionalidades, dando agilidade na programação;
  • Estrutura preparada para organização de conteúdos para marketing;
  • Pingback e Trackback;
  • Capacidade de adicionar múltiplos autores aos conteúdos;
  • Importação e exportação de dados;
  • API para desenvolvimento dos plugins.

Também é possível desenvolver aplicações para  sistema Android, IOS e alguns outros sistemas de mobile.

Informações relevantes sobre o WordPress:

O WordPress é um ótimo sistema para desenvolvimento de blogs e ambientes ricos em conteúdo, mas deve-se prestar atenção a como o ambiente foi desenvolvido, inclusão de plugins, uso de temas e outros pontos de personalização, pois isso pode determinar a viabilidade de atualizações e personalizações futuras.

Como qualquer outro sistema, o WordPress é passível de vulnerabilidade, já tendo sofrido ataques no passado, mas não se preocupe com este ponto, pois o software está em constante evolução para minimizar possíveis pontos de vulnerabilidade. Mas, é sempre bom contar com um desenvolvedor experiente, que aplique as melhores práticas no desenvolvimento e mantenha o CMS atualizado, para aproveitar os releases liberados pela plataforma.